Pesquise

PORTAL EDUCAÇÃO - CURSOS EM TODAS AS ÁREAS

Curso online de Alfabetização

FIQUE POR DENTRO..SIGA O EduCRIANÇA

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

FELIZ NATAL!!!

Gostaria de desejar a todos um feliz Natal, repleto de muita paz, amor, alegrias, saúde e muito sucesso.
Que 2009 venha cheinho de coisas boas...
Obrigada por visitam meu espaço e deixar seus comentários e recadinhos.
Prometo que em 2009 estarei de volta com força total, lembrando que prometi uma surpresinha para o ano que vêm.

Beijos e muito sucesso a todos
BOAS FESTAS!!!!
Sand Catarina

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Um pouquinho sumida

Olá meus queridos amigos blogueiros....
Espero que todos estejam bem.
Quero pedir milhões de desculpas, pois, ultimamente não tenho tido tempo para colocar a casa em ordem.
Mas, espero que nesse feriadão, eu possa deixar tudo nos conformes.
Que idéias gostariam que eu postasse no blog?
Espero ajudar a todos.
Beijão e fiquem com Deus
Sand Catarina

terça-feira, 12 de agosto de 2008

FOLCLORE

Trabalhar o Folclore é criar oportunidades para resgatar toda a cultura regional de nosso país.
Folclore, palavra formada pelos vocábulos folk e lore é uma palavra de origem inglesa.
E quando falamos de Folclore, nos reportamos para cultura popular que na verdade é simplesmente falar de mistura, de histórias, culturas, crenças etc.
Algumas idéias para trabalhar o Folclore:
1º - Esclarecer para as crianças o que realmente é o folclore: que na verdade são manifestações de um povo, por exemplo: cantigas de roda, folguedos, danças, festas, mitos, lendas, brinquedos, brincadeiras, artes, alimentos, bebidas, causos, contos, adivinhas, trava-línguas, parlendas, instrumentos e roupas de trabalho.
2º - Na parte de linguagem, o professor pode trazer para os alunos, algumas parlendas:

Eu sou pequena,
Da perna grossa,
Vestido curto,
Papai não gosta

Por detrás daquele morro,
Passa boi, passa boiada,
Também passa moreninha,
De cabelo cacheado

O cochicho
Quem cochicha,
O rabo espicha,
Come pão
Com lagartixa

Também existem muitas lendas bonitas que podem ser resgatadas pelo professor como:
A lenda da Vitória-Régia
A lenda da Iara
A lenda do Boto
A lenda da Mula sem cabeça
A lenda do Boitatá
A lenda do Curupira

Essas lendas são histórias fantásticas, contadas em sua maioria por povos indígenas para explicar certos acontecimentos.

Outro trabalho super interessante é o trava-línguas, as crianças adoram e é muito divertido:

O sabiá não sabia.Que o sábio sabia.Que o sabiá não sabia assobiar.

Olha o sapo dentro do saco. O saco com o sapo dentro, O sapo batendo papo. E o papo soltando o vento.

A aranha arranha a rã.A rã arranha a aranha. Nem a aranha arranha a rã. Nem a rã arranha a aranha.

3º - Depois de enrolar bastante a língua e contar muitas histórias fantásticas, é hora de movimentar o esqueleto, com brincadeiras e cantigas de roda, vão algumas dicas:
Marcha Soldado
Cabeça de Papel
Se não marchar direito
Vai preso pro quartel
O quartel pegou fogo
A polícia deu sinal
Acorda acorda acorda
A bandeira nacional

Pirulito que bate bate
Pirulito que já bateu
Quem gosta de mim é ela
Quem gosta dela sou eu
Pirulito que bate bate
Pirulito que já bateu
A menina que eu gostava
Não gostava como eu

Samba Lelê está doente
Está com a cabeça quebrada
Samba Lelê precisava
De umas dezoito lambadas
Samba , samba, Samba ô Lelê
Pisa na barra da saia ô Lalá (BIS)


O Cravo brigou com a rosa
Debaixo de uma sacada
O Cravo ficou ferido
E a Rosa despedaçada
O Cravo ficou doente
A Rosa foi visitar
O Cravo teve um desmaio
A Rosa pôs-se a chorar

Algumas brincadeiras do nosso folclore:


Amarelinha
Barra-manteiga
Cabo de Guerra
Cabra - Cega
Passar anel, entre outras.

4º - Em artes podemos confeccionar diversos brinquedos, que podem divertir a garotada. São eles:


Bilboquê - que pode ser confeccionado com garrafa pet, barbante e duas tampas de garrafa pet. O professor corta a boca da garrafa pet, fura as duas tampas e coloca o barbante, em seguida, coloca uma das tampas na boca da garrafa, apertando bem, para que não saia. Agora é só brincar.
Ioiô - Um brinquedo super legal que pode ser confeccionado com papel e elástico. Peça para as crianças que façam uma bolinha de papel, em seguida amarre o elástico na bolinha, agora é só se divertir.
Cata-vento - Feito de papel, varinha ou palito de churrasco.
Aviãozinho de papel - As crianças amam, uma ótima sugestão para trabalhar dobradura.

Essas são algumas de muitas outras sugestões de atividades e brincadeiras, que podem ser feitas pelo professor.
Dia 22 de agosto está chegando, vamos colocar a mão na massa?

Beijos mil
Sand Catarina

segunda-feira, 28 de julho de 2008

ATIVIDADES PARA TRABALHAR CORES


Vai algumas dicas para trabalhar as cores:

  1. Uma dica é fazer um bingo de cores, é muito divertido e as crianças adoram.
  2. As crianças amam saco surpresa, você pode colocar objetos de diferentes cores e depois de manusearem os objetos, eles terão que descobrir qual a cor de cada objeto.
  3. E um caça as cores. O professor pode colocar fichas de diferentes cores em um pote ou saco e fazer o sorteio, seria legal se o mesmo escolhesse um lugar bem amplo para brincar com as crianças. Ele faz o sorteio e em seguida, diz o nome da cor e mostra o cartão, as crianças terão que procurar objetos que tenham a mesma cor do cartão apresentado.
  4. Outra brincadeira semelhante é o elefantinho colorido, uma ótima brincadeira para se trabalhar cores.
  5. O professor também poderá espalhar pela sala ou pátio, cartões de várias cores, ele coloca uma música para tocar, assim que a música parar, as crianças terão que subir em um tapetinho e gritar o nome da cor do tapete, para dificultar a brincadeira, o professor poderá pedir que evitem repetir cores, se a criança sentou no vermelho, ele não pode mais sentar no vermelho, somente nas demais cores, assim o professor trabalha cores, observação, memorização, oralidade etc.
  6. Brincadeiras com dados, também as crianças adoram.

Espero que essas idéias ajudem no trabalho de vocês.

Milhões de beijos a todas...

Sand Catarina

domingo, 20 de julho de 2008

OBRIGADA BETTY MELLO

Gostaria de relatar algo que para mim foi muito importante nesse dia. (20/07/2008)
Conheci uma pessoa muito especial, uma amiga, que de virtual passou a ser de carne e osso.
Foi um encontro muito bonito, regado de um bate papo legal e é claro de boa música.
Hoje, dia do amigo, conheci a minha mais nova amiga, Betty Mello.
Gostaria de agradecer pelo carinho, pelo Mico Maneco, e pelo doce chocolate, que para mim, foi regado com muito carinho.
Lendo a embalagem do chocolate me prendi a seguinte frase:
"Chocolate é mágico.
Abre sorrisos, traduz desejos, une pessoas, traz alegria, dá energia."
Com certeza, e mais, acredito que não só o chocolate, mas, o respeito, a amizade, o carinho.
Foi uma noite muito legal, que com certeza, deverá ser repetida inúmeras vezes.
Obrigada minha querida amiga
Todo sucesso do mundo para você
Tudo de bom e mais um pouco
Regado com muito chocolate e boa música.
Beijos mil
Sand Catarina
PS: Vou esperar a foto, pois, quero postá-la aqui com todo carinho e é claro com os devidos créditos.rsrs

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Desafio

ESTE DESAFIO, foi proposto pela Luzimara - Prazer de Ensinar http://prazerdeensinar2.blogspot.com/.
A brincadeira é você responder rapidamente as perguntas no seu blog, depois, escolher 5 amigas blogueiras, para que façam o mesmo, desta forma você visita os blogs que foram indicados junto com você e, de quebra, visita os que indicou para avisá-los do desafio.
VAMOS LÁ? - DESAFIO PESSOAL!

1. O que eu estava fazendo há 10 anos atrás?
Humm, 1998? Eu havia terminado o curso técnico de Contabilidade, não sabia ao certo o que iria fazer, mas, tinha a certeza de que trabalhar com contabilidade, com certeza, não era. Nessa época estava trabalhando em uma padaria.rsrs

2. Quais são as coisas que vc tem na sua lista pra fazer hoje? (relatar pelo menos cinco coisas)
Como estou de férias, quero mesmo é descansar, mas tem algumas coisas que acredito ter que fazer hoje, que é terminar de ler o Modulo I e começar o II de EAD Docência Acadêmica e levar meu sobrinho ao parque de diversões, assistir um filme legal e descansar.
3.Petiscos que vc gosta:
Como uma boa mineira que sou, amo um queijinho com orégano e azeite, também uma batatinha frita não cairia nada mal.

4. Coisas que eu gostaria de fazer se fosse bilionária
Meu Deus, se mesmo em??? Se eu fosse bilionária, abriria um espaço da criança, onde os pais poderiam deixar seus filhos para se divertir, nunca esquecendo que esse espaço seria um local totalmente educativo, com atividades diversificadas e tudo mais. Outra coisa, eu compraria uma casa bem linda para os meus pais, de preferência que fosse integrada a natureza, um sítio, uma fazenda, sei lá. Por fim, viajaria mundo a fora, gostaria de conhecer a Europa.
5. Lugares que já morei:
Opa, eu nasci em Passos/MG, cidade que guardo com todo carinho em meu coração, morei lá até meus 23 anos, quando ingressei na faculdade de Pedagogia da USF em Itatiba, aí tive que mudar para Itatiba/SP e moro aqui até hoje.
Agora passo este desafio para:
Cybele - Educar Já
Maria Tereza - A magia de aprender

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Comportamento: Como andam nossas influências

Estava fazendo uma pesquisa no You Tube e encontrei esse vídeo, muito chocante e ao mesmo tempo muito reflexivo.
Trata da influência do adulto no comportamento das crianças.
Vamos pensar que, somos um espelho e refletimos tudo a nossa volta, e conseqüentemente o comportamento das crianças que estão ao nosso redor.
A questão é, que atitudes eu tenho em relação ao meio ambiente, em relação as pessoas de meu convívio (ou não), em relação a mim mesmo.
O que devo fazer para que minha criança tenha atitudes positivas, se na maioria das vezes, eu não proporciono essas atitudes?
Vamos pensar um pouco!!!


Abraços
Sand Catarina

DIA 20 DE JULHO - DIA DO AMIGO


Amizade é algo que perpassa fronteiras.

Quem nunca teve um amigo?

Quem nunca fez algo por um amigo?

Quem nunca chorou por um amigo?

Quem nunca brigou com um amigo?

Diria que a amizade é algo sublime!!!

E para completar....

.... em qualquer lugar do mundo...

...nunca se esqueça de dizer e ter um...


AMIGO

Amigo em diversas línguas

Inglês: Friend

Holandês: vriend

Francês: Ami

Alemão: Freund

Grego: φίλος

Italiano: amico

Russo: друг

Espanhol: Amigo


Inglês: Friendship

Holandês: Vriendschap

Francês: Amitié

Alemão: Freundschaft

grego: Φιλία

Italiano: Amicizia

Russo: Приятельство

Espanhol: Amistad

segunda-feira, 7 de julho de 2008

DIA DOS PAIS

O dia dos pais se aproxima e é com muita alegria que esperamos essa data preparando diversas atividades e lembranças que tanto para nós como para os nossos alunos é de suma importância.
Essa data, assim como o dia das Mães, nasceu para fortalecer os laços familiares e o respeito por aqueles que nos deram a vida.
"Conta a história que em 1909, em Washington, EUA, Sonora Louise Smart Dodd, filha do vetereno da guerra civil, john Bruce Dodd, ao ouvir um sermão dedicado às mães, teve a idéia de celebrar o dia dos Pais. Ela queria homenagear seu pai, que viu sua esposa falecer em 1898 ao dar a luz ao sexto filho, e que teve de criar o recém-nascido e seus outros cinco filhos sozinhos. Algumas fontes de pesquisa dizem que o nome do pai de Sonora era William Jackson Smart, ao invés de John Bruce Dodd. Já adulta Sonora sentia-se orgulhosa de seu pai ao vê-lo superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém. Então, em 1910, Sonora enviou uma petição à Associação Ministerial de Spokane, cidade localizada em Washigton, Estados Unidos. E também pediu auxílio para uma Entidade de Jovens Cristãos da cidade. O primeiro Dia dos Pais norte-americano foi comemorado em 19 de junho daquele ano, aniversário do pai de Sonora. A rosa foi escolhida como símbolo do evento, sendo que as vermelhas eram dedicadas aos pais vivos e as brancas, aos falecidos.A partir daí a comemoração difundiu-se da cidade de Spokane para todo o estado de Washington. Por fim, em 1924 o presidente Calvin Coolidge, apoiou a idéia de um Dia dos Pais nacional e, finalmente, em 1966, o presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial declarando o terceiro domingo de junho como o Dia dos Pais (alguns dizem que foi oficializado pelo presidente Richard Nixon em 1972). No Brasil, a ideia de comemorar esta data partiu do publicitário Sylvio Bhering e foi festejada pela primeira vez no dia 14 de Agosto de 1953, dia de São Joaquim, patriarca da família.Sua data foi alterada para o 2º domingo de Agosto por motivos comerciais, ficando diferente da americana e europeia."
Diria que é muito importante explorar essa data juntamente com as crianças, mesmo sabendo que muitos de nossos alunos não têm seus pais presentes, ou não se encontram em uma família tradicional. A figura paterna pode ser vista no avó, na avó, na própria mãe, no padrasto, independe, o mais importante é a criança se sentir acolhida e amada por aqueles que a cercam.

Vai algumas dicas de como explorar essa data:
  • Disponibilizar a semana que antecede a data para trabalhar o tema com as crianças;

  • Para cada dia, o professor pode confeccionar com as crianças uma lembrança;

  • Pode ser montado um painel bem bonito na sala, com fotos das crianças com seus pais, ou quem as crianças gostariam que estivesse nesse painel;

  • O professor pode agendar um dia para a visita dos pais à escola, para que eles falem um pouco deles, o que fazem, o que mais gostam de fazer com seus filhos etc;

  • Nesta semana, o professor pode propor as crianças que tragam algo de seus pais e socializem com seus amigos;

  • No último dia pode ser feito um café da tarde para todos os pais, um passeio em um zoológico, ou um picnic, ou até mesmo um cineminha, são dicas legais e baratas para serem feitas com os pais.

Essas são algumas dicas para serem feitas para o dia dos pais, mas, lembrando que o professor tem o papel de trazer para a criança o sentido do acolhimento, do amor, da alegria do mesmo com seu pai ou com alguém o qual a criança tem como figura paterna e ao mesmo tempo sentir essa reciprocidade.

Sempre lembrando que o maior tempero nessas comemorações é o respeito à diversidade e a cultura de cada um.


Beijos mil e bom trabalho

Sand Catarina

Algumas idéias para as Olimpíadas 2008

A Luciana me pediu algumas dicas de projetos para trabalhar as Olimpíadas 2008:
Estou disponibilizando algumas ideias, espero que ajude:


Artes Visuais:

O professor pode confeccionar com seus alunos um mascote de sucata, utilizando diversos materiais.
Ou até mesmo montar um painel na sala com seus alunos, utilizando os mascotes, algumas coisas referentes a cultura Chinesa e até mesmo relacionada aos esportes.

Movimento:

Que tal uma mini-olimpíada na escola:
O professor pode montar alguns jogos, dependendo da faixa-etária da criança, pode dividir a classe em países, as crianças podem escolher o país e confeccionar os próprios adereços, como faixas, bandeiras, grito de guerra, etc.

Culinária:

Outra ideia é ir para a cozinha e colocar a mão na massa, o professor pode fazer uma pesquisa sobre comidas típicas da China e juntamente com as crianças preparar um delicioso prato. Com isso, o professor poderá trabalhar a escrita, na hora de escrever a receita, matemática, na hora de verificar as medidas dos ingredientes e é claro a cultura do país, porque eles comem aquele prato.

Linguagem:

O professor pode pedir para as crianças fazerem pesquisas sobre as Olimpíadas, porque elas acontecem, qual o objetivo, etc.
Que tal escrever uma carta para algum dos esportistas que irão para os jogos olímpicos.

Essas são umas das muitas ideias que podem surgir para trabalhar o tema Olimpíadas 2008.


Mãos a obra e bom trabalho

Sand Catarina

OLIMPÍADAS 2008 EM PEQUIM

As Olimpíadas de Pequim estão chegando e o pessoal anda eufórico, com este grandioso evento mundial.

Os Jogos Olímpicos de Verão de 2008, oficialmente conhecidos como os Jogos da XXIX Olimpíada, serão realizados em Pequim (Beijing), na República Popular da China de 8 a 24 de Agosto de 2008, com a cerimônia de abertura marcada para acontecer às 8:08 da noite em 8 de Agosto de 2008 (o número 8 tem significado de prosperidade na cultura chinesa).

O logotipo oficial das Olimpíadas 2008, chamado de "Pequim dançante", representa um caractere da escrita chinesa estilizado (que significa capital).




Mas, é claro que toda olimpíada não pode faltar o mascote e os chineses não só criaram um, mas 5 lindos mascotes para representar este evento, os Fuwa, foram revelados pela Sociedade Nacional de Estudos da Literatura Clássica Chinesa em 11 de novembro de 2005, exatamente 1000 dias antes do início dos jogos.
Os Fuwa são cinco membros que incorporam peixe, panda-gigante, fogo, chiru e andorinhas.Eles correspondem aos cinco principais elementos da cultura chinesa: água, metal, fogo, madeira e terra. Porém nenhum deles representa metal e céu como um elemento. Cada Fuwa possui como sua cor primária uma das cinco cores da bandeira olímpica. Os Fuwa são chamados de Beibei, Jingjing, Huanhuan, Yingying, e Nini. Quando a primeira sílaba de cada um dos cinco nomes são ditas juntas o resultado é a frase em chinês (Běijīng huānyíng nĭ) que significa "Pequim recebe você".


São eles:


Beibei
Sexo da mascote: feminino
Cor da mascote: azul
Símbolo: peixe
Personalidade: generosidade e pureza
Ideal: prosperidade
Esportes: esportes aquáticos
Inspiração: imagens decorativas do Ano novo chinês
Notas: na cultura tradicional chinesa o peixe representa a prosperidade. O ideograma chinês para peixe é parecido com o da abundância.


Jingjing
Sexo da mascote: masculino
Cor da mascote: preto
Símbolo: panda
Personalidade: honestidade e otimismo
Ideal: felicidade
Esportes: halterofilismo, judô, etc.
Inspiração: panda gigante, Dinastia Song e porcelanas antigas
Notas: o panda é uma espécie ameaçada de extinção e um símbolo da China. Representa a coexistência entre a humanidade e a natureza



Huanhuan
Sexo da mascote: masculino
Cor da mascote: vermelho
Símbolo: chama olímpica
Personalidade: entusiasmo
Ideal: paixão
Esportes: esportes com bola (futebol, basquetebol, handebol, etc.)
Inspiração: desenhos de chamas nas Grutas de Mogao, também conhecidas como "Cavernas dos Mil Budas" foram declaradas patrimônio da humanidade pela UNESCO em 1987)
Notas: Huanhuan representa o Lema Olímpico "Citius, Altius, Fortius" (Mais rápido, mais alto, mais forte)




Yingying
Sexo da mascote: masculino
Cor da mascote: amarelo
Símbolo: antílope-tibetano
Personalidade: vivacidade e astúcia
Ideal: saúde
Esportes: atletismo
Inspiração: costumes do Tibete e Xinjiang (regiões autônomas do oeste da China)
Notas: o antílope-tibetano é uma espécie ameaçada de extinção e símbolo do planalto tibetano



Nini
Sexo da mascote: feminino
Cor da mascote: verde
Símbolo: andorinha
Personalidade: inocência
Ideal: boa sorte
Esportes: ginástica
Inspiração: andorinhas e as pipas (papagaios) chinesas
Notas: na cultura chinesa a andorinha é considerada a mensageira da primavera, simbolizando boa sorte. O ideograma chinês para andorinha é usado também no ideograma Yanjing, antigo nome de Pequim. Nini usa uma pipa chinesa em formato de andorinha em seu chapéu.


Beijinhos

Sand Catarina

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Trabalhando com o TANGRAN



O Tangram é um quebra-cabeça chinês antigo. O nome significa "7 tábuas da sabedoria".
Ele é composto de sete peças (chamadas de tans) que podem ser posicionadas de maneira a formar um quadrado:

Além do quadrado, diversas outras formas podem ser obtidas, sempre observando duas regras:
Todas as peças devem ser usadas
Não é permitido sobrepor as peças.

Segue algumas dicas de figuras que podem ser criadas com o tangram, mas, vale lembrar que o principal é a imaginação, é possível criar coisas maravilhosas com esses 7 peças.




Beijinhos e bom trabalho!!!

Sand Catarina

Fonte: Wikipédia e Picasa Profª Alfabetizadora

domingo, 29 de junho de 2008

Trabalhar a Contagem Oral

Vai algumas ideias para Roseana, espero que seja isso.
Como trabalhar a contagem:

  • Vamos contar quantos amigos vieram? - O ajudante do Dia terá que fazer a contagem oral de quantas crianças vieram naquele dia, primeiro conta-se os meninos e depois as meninas, em seguida conta-se o grupo todo, por fim, pode-se verificar quantas crianças faltaram, assim a criança já pode ir construindo o conceito de subtração.
  • Através das brincadeiras como: boliche, amarelinha, barra-manteiga. O professor pode solicitar as crianças que façam a contagem durante a brincadeira e por fim um registro.
  • Brincadeiras com dado, as crianças adoram. O professor pode construir um dado grande e brincar com as crianças, elas terão que jogar o dado, e em seguida, fazer a contagem oral.
  • As crianças amam cantar, o professor pode trabalhar músicas como 1,2,3 indiozinhos; a galinha do vizinho; boneca de lata etc.

Espero que ajude!!!

Beijos

Sand Catarina

PROJETO CUIDAR

Olá pessoal
Fiquei muito feliz com um projeto que fiz na escola em que trabalho e gostaria de compartilhar com todas vocês, infelizmente não será possível disponibilizar as fotos, mas, acredito que o conteúdo em si é muito rico.

PROJETO: O CUIDAR

O porquê do projeto?

Com o intuito de se trabalhar a questão da importância do cuidar, foi desenvolvido um projeto que contemplasse toda uma magia em volta de uma “boneca”, que desde o início nunca foi chamada de boneca e sim de amigo. esse amigo surgiu carinhosamente para tornar o trabalho do infantil II-C mais significativo.

Objetivo:
  • despertar a questão do cuidar e se tornar responsável pelo outro;

  • resgatar a importância do respeito;

  • reconhecer a necessidade de falar sobre sentimentos e emoções;

  • abordar a questão da solidariedade.
RELATO DA PROFESSORA SANDRA

Tudo começou quando senti a necessidade de trabalhar um projeto que envolvesse respeito, responsabilidade, solidariedade e principalmente o cuidar.
Para as crianças, o cuidar é algo que vai além daquilo que é real.
As meninas gostam de brincar com suas bonecas, são verdadeiras mamães, já os meninos têm outras preferências.
Mas, independente disso, as crianças se encontram em uma fase muito importante de suas vidas, onde o simbólico é muito significativo para cada uma delas. Brincar de faz de conta, é uma das melhores formas da criança reproduzir as relações predominantes no seu meio e assimilar a realidade de forma a se auto-expressar, só assim, possibilitará que ela realize seus sonhos e fantasias, revelando suas angústias, conflitos e medos.
Foi pensando nisso que me vi, na responsabilidade de criar um projeto que contemplasse os objetivos citados acima sem perder o simbolismo que é algo tão marcante nesta classe.
COMO APARECEU A NOVA AMIGA:

Primeiramente, conversei com todos e disse que a turma ganharia um novo amigo. Esse amigo não só ficaria na escola, mas também visitaria a casa de cada uma das crianças do Infantil II.
Nossa! A turma ficou feliz e não via a hora de conhecer esse misterioso amigo, mas para que ele pudesse nascer, foi necessária a ajuda de muitas pessoas.
Demos então início a criação com as participações.
A.G. deitou em um Kraft e eu fui desenhando o seu corpo, desta forma surgiu os primeiros traços do amigo.
Para transformar os traços em um boneco, a Tia Bia (que faz nosso lanche), carinhosamente, levou um pedaço de pano e consturou com todo carinho.
Em seguida, as crianças fizeram o enchimento com algodão sintético.
Que festa foi aquele dia, todos ficaram cheios de algodão na cabeça. Agora o amigo precisava de um rosto, de cabelo, de um sexo, de roupas e principalmente de um nome.
Tudo precisava ser fieto através de votação. A primeira foi para definir a cor dos olhos.
As crianças sugeriram algumas cores, entres elas o preto, o azul e o verde.
Ganhou a cor verde. Então, desenhei o rosto do amigo.
Para saber se seria menino ou menina, fizemos outra votação, vencei pela maioria, menina. Será que é porque na sala tem mais meninas?
Os meninos ficaram chateados, porque gostariam que fosse menino, mas conversei com todos e disse que não é porque ela é menina que não poderia ser amiga dos meninos.
Quando foram definir a cor do cabelo, escolheram o preto, o amarelo e o marrom. Novamente através da votação, com 6 votos, ganhou a cor preta, neste momento cortei a lã e colei na cabeça da amiga.
Como ficou bonita! Agora já tinha, sexo, cabelos, rosto e precisava de um nome.
Perguntei a eles, que nome gostariam de dar a nova amiga. Dois nomes foram sugeridos pelo grupo, Isabella e Maria Eduarda.
Com 5 votos, o nome Maria Eduarda ganhou.
Para conviver na escola e passear com as crianças, só faltava a roupa.
A Fabiana (mãe da aluna G.O. do Infantil I) deu a roupa e um par de tênis e a I.D.B (filha da Tula) deu a bolsa.
Nossa! Olha o que foi preciso para trazer a Maria Eduarda ao grupo.
Muitos foram os momentos com Maria Eduarda, muitas brincadeiras, hora da leitura, parque, infomática, lanche.
Depois disso, só faltava visitar os amigos!

Nas visitas Maria Eduarda ia acompanhada do seu diário que foi carinhosamente preenchido com os melhores momentos das crianças com a nova amiga, segue abaixo algumas frases dos pais:


"Ao colocar a camisola notou que Maria Eduarda estava descosturada em algumas partes, pediu para o pai costurá-la e colocou-a para dormir em sua cama" - (Daniela - mãe de L.B.S)


"A M.B. chegou em casa com a Maria Eduarda e mostrou para o avô Edmundo e a avó Neide. Depois levou para a Sheila conhecer a Maria Eduarda, tirou fotos e ficaram assistindo desenho "No mundo da Lua"". (Andrea - mãe de M. B.)


"Quando fui buscar o P. na escola, e ele estava carregando uma boneca, confesso que levei um susto!! Mas me surpreendi com a reação dele cuidando da Maria Eduarda, com todo cuidado." (Albia - mãe de L.P.B.S.)


"Ao sair da escola fomos para a academia; e lógico que a Maria Eduarda também, pois a A. G. não largou essa boneca um minuto. Na academia ela fez o maior sucesso pois A. fez questão de apresentá-la para alguns amigos. ...
...Até no Extra essa boneca passeou." (Elaine - mãe de A.G.D.A.)


"A M. pediu que eu tirasse o uniforme da Maria Eduarda e arrumasse a bicama para ela dormir. Posteriormente todos nós fomos dar "boa noite"a nossa hóspede e a M. emprestou seu cachorrinho de pelúcia (-milagre)." (Alcione - mãe de M.Y)


"Nossa passagem pela vida de Maria Eduarda foi muito divertida. Confesso que estava tão ansiosa quanto a G., pois todos os dias ouvia a comentários a respeito dela....
...No dia seguinte, Maria Eduarda não queria acordar, eram 11h30 da manhã e ela estava de pijama (que preguiçosa). Almoçamos e viemos apra a escola, com meia nova, porque a meia que ela estava tinha um buraco! (palavras da G.)" (Natália - mãe de G.K.P)


"Que legal, a Maria Eduarda Chegou!!!...
...O G. ficou super empolgado com a amiga e não queria fazer nada sem ela...
...Maria Eduarda foi com a gente ao supermercado e ao cabeleireiro. Dentro do carro ela foi sentada no banco de trás com ele e de cinto de segurança...
...Na hora do banho foi muito legal, ele colocou a amiga para assistir TV, porque meninos não podem ver os meninos tomarem banho." (Camila - mãe de G.A.C)


"Saímos da escola e fomos para o cabeleireiro, inclusive o V. quis cortar o cabelo da Maria Eduarda, mas foi só a franja.rs...
...Ele adorou dormir com a Maria Eduarda e eu também pois ele dormiu a noite toda, foi uma ótima companhia..." (Priscila - mãe de V.S.F.G)

"Saindo da escola N. e Maria Eduarda fizeram a vovô Maria parar no meio do caminho para casa para ver um ninho de passarinho...
...N. colocou roupa de ballet na Maria Eduarda...
...N. levou-a para o jardime para o Pomar depois forma brincar na sua casinha de bonecas onde brincaram muito." (Camila-mãe e Maria-avó de N.W.B.)

Foi uma experiência maravilhosa!!!Aprendi também o quanto uma simples boneca de pano pode trazer consigo um simbolismo tão grande que encanta a todos.


Beijinhos mil
Sand Catarina

quarta-feira, 18 de junho de 2008

IMIGRAÇÃO JAPONESA


Deixo aqui o meu carinho e minhas felicitações a toda comunidade Japonesa no Brasil, que a 100 anos atrás iniciou a sua história neste país, trazendo um pouco de sua cultura, de seu viver e possibilitando uma mistura de culturas e aprendizados.


BRASIL+JAPÃO


Uma nova família

domingo, 15 de junho de 2008

HOMENAGEM

Pegue o selo no Gospel Gifs http://gospel-gifs.zip.net, nomeie 10 blogs amigos e visite cada um deles avisando da nomeação.

Se vc foi nomeado por alguém, passe adiante e visite os outros nove blogs que foram nomeados junto com vc.
Ao repassar a campanha, pode copiar o texto acima ou criar o seu próprio texto. O importante é não esquecer de avisar onde se encontra o selo e de nomear os seus 10 blogs amigos.


Gostaria de agradecer a Betty e a Sandra, que com carinho me indicaram.

Gostaria de dizer que amo muito vcs e a cada dia me inspiro mais nos seus trabalhos.

Beijinhos e meu muito sucesso a todas nós.



E dando continuidade a essa corrente de agradecimentos e homenagens gostaria de deixar esse mimo também para 10 queridos espaços, com certeza, gostaria de homenagear muitos outros blogs, mas, infelizmente tenho que escolher somente 10.

Meus blogs indicados são:
Arco-íris - Solange Paglarini
Linda Menina - Juliana
Pintando o 7 - Karina
Além dessa turminha, tem muitos outros blogs maravilhosos, que deixo o meu a carinho, meu respeito e muito sucesso.
Beijinhos
Sand Catarina


sábado, 7 de junho de 2008

Kiriku e a Feiticeira

Olá Rosane,
obrigada pelo carinho!!!

Você perguntou do Filme: Kiriku e a Feiticeira.

Então, com certeza, é um filme lindo.

É uma lenda africana, conta a história de uma menino que assim que nasceu, já sabia falar, era uma criança curiosa que queria saber de tudo.

Perto dessa aldeia tinha uma Feiticeira chamada Karabá, então, todos alegavam que a falta de água era decorrente de um feitiço dela e que todos os homens que iam lutar com ela, eram comidos pela mesma.

Mas, não é bem assim....aí entra Kiriku, que com muita coragem tenta desvendar os segredos.

Fala muito de verdade, respeito, curiosidade, determinação e luta.

É uma lição de vida.

Você poderá encontrá-lo no site Portal Paulinas.

Espero que tenha ajudado.

Beijos mil

Sand Catarina

domingo, 1 de junho de 2008

Obrigada Betty


Esse foi um carinho da Betty.

Querida, muito obrigada e que Deus a abençoe sempre!!!
Beijos mil
Sand

terça-feira, 27 de maio de 2008

Trabalhando a FLORA


A Marly me pediu algumas ideias sobre FLORA, vão algumas, espero que ajude!!!

Beijos mil

Sand Catarina


1 – Quando trabalhamos a flora e fauna primeiramente é necessário trabalhar a questão do respeito à natureza. A coleção da Ingrid Biesemeyer Bellinghause é muito boa “Um mundinho de paz”, “De Olho na Amazônia”, “O Trânsito no Mundinho” entre outros livros, que falam muito sobre a questão ambiental.
2 – Tem a música da Sementinha da
Cêlele e da Relalá, que eles podem dramatizar, com isso as crianças poderão compreender o processo de crescimento de uma planta e o que é necessário para que ela possa crescer bonita e saudável.

3 – Você também pode utilizar a técnica de pintura com folhas, fica muito bonito.

4 – Pode também trazer a importância de se cuidar da natureza, a questão do desmatamento e sua influência no meio ambiente, como por exemplo a extinção de animais ou de plantas e a influência dessa extinção no meio ambiente. Fazer até um levantamento na própria cidade. Será que tem árvores suficientes na minha rua, na minha cidade etc.

5 – Você pode levá-los para fazer um picnic em um jardim ou se tiver alguma reserva em sua cidade ou parque ecológico, seria muito legal, para que as crianças possam ter um contato legal com a natureza.

6 – Depois de um passeio você pode montar um registro com as crianças, através de relatos e desenhos.

7 – Que tal elas plantarem uma sementinha e ver no que dá! Com isso elas poderão observar o crescimento e verificar que toda planta precisa de muito carinho e atenção para crescer bonita, ou também, você poderia montar um jardim com as crianças, se sua escola oferecer esse espaço.

terça-feira, 20 de maio de 2008

Música - Festa Junina

Toda festa exige uma trilha sonora!!!
Vai algumas dicas para você se divertir com a turminha e cantar bastante!!

Cai, cai, balão!
Cai, cai, balão!
Cai, cai, balão!
Na rua do sabão
Não cai não!
Não cai não!
Não cai não!
Cai aqui na minha mão !
Cai, cai, balão!
Cai, cai, balão!Aqui na minha mão
Não vou lá! Não vou lá! Não vou lá!Tenho medo de apanhar !
Capelinha de melão
Capelinha de melão
É de São João
É de cravo, é de rosa
É de manjericão
São João está dormindo
Não acorda, não
cordai, acordai!
Acordai, João!
Noites de junho
(de João de Barro e Alberto Ribeiro)
Noite fria, tão fria de junho
Os balões para o céu vão subindo
Entre as nuvens aos poucos sumindo
Envoltos num tênue véu
Os balões devem ser com certeza
As estrelas aqui desse mundoAs estrelas do espaço profundo
São os balões lá do céu
Balão do meu sonho dourado
Subiste enfeitado, cheinho de luz
Depois as crianças tascaram
Rasgaram teu bojo de listas azuis
E tu que invejando as estrelasS
Sonhavas ao vê-las ser astro no céu
Hoje, balão apagado, acabas rasgado
Em trapos ao léu.
Sonho de papel
(música de Alberto Ribeiro)
E um balão vai subindo
Vem caindo a garoa
O céu é tão lindo
E a noite é tão boa!
São João!
São João!
Acende a fogueira
No meu coração
A girar na imensidão
Soltei em teu louvor
Um sonho multicor
Ó meu São João!
Meu balão azul
Foi subindo devagar
E o vento que soprou
Meu sonho carregou
Não vai mais voltar!

Essas são algumas músicas, caso vocês queiram o midi da música é só entrar no site http://lendorelendogabi.com.br/datas/cantigas_juninas.htm e se deliciar com a diversidade de músicas.

Beijos mil
Sand Catarina

Brincadeiras - Festa Junina

Aqui vão algumas dicas de brincadeiras para as festas Juninas ou até mesmo para descontrair a turminha.
Acerte as argolas:
Enche-se garrafas de refrigerante (plásticas e grandes) com água ou areia e aperta-se bem as tampas. Arruma-se as garrafas no chão com pelo menos um palmo de distância entre elas. Faz-se uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante recebe cinco argolas (ou pulseiras), para fazer cinco tentativas. Vence quem deixar mais argolas presas nos gargalos das garrafas.
Boca do palhaço:
Desenha-se numa cartolina o rosto de um palhaço com uma boca bem grande. Recorta-se a boca. Coloca-se o desenho sobre uma grande caixa de papelão (sem tampa) e, com um lápis, marca-se o local onde irá ficar a boca. Recorta-se esse local e depois cola-se o rosto do palhaço na caixa. Cada participante recebe três bolinhas de borracha, para fazer três tentativas. Vence quem acertar mais bolinhas. Nota: As bolinhas podem ser feitas com meias. Basta encher a ponta de cada uma delas com jornal, até que fiquem redondas e durinhas, depois, é só dar um nó.
Dança da laranja:
Formam-se alguns casais para a dança. Uma laranja (ou bola de tênis) é colocada entre as testas de cada par. Os casais devem dançar com as mãos nas costas. Se o participante tocar na laranja com as mãos ou se ela cair no chão, o casal é desclassificado. A música prossegue até que fique só um casal.
Jogo do bicho ou Rabo do burro:
Desenha-se um animal de costas ou de lado numa cartolina e prende-se numa parede. O corpo do animal pode ser dividido em pedaços numerados - quanto mais perto do rabo, maior é o número. Cada participante deve receber uma etiqueta autocolante grande (já destacada). De olhos vendados, deve caminhar até o desenho e colar o rabo do animal. Quem colocar o rabo mais próximo do local correto é o vencedor.
Pescaria:
Recorta-se os peixes em cartolina colorida. Faz-se um corte no lugar da boca do peixe e prende-se um clipe ali (parecerá uma argola). Faz-se varas de pescar amarrando um barbante em cada vareta. Depois, na outra ponta do barbante amarra-se um outro clipe aberto na lateral. O clipe quando aberto tem o formato de gancho, como um anzol. Espeta-se os peixes numa grande bacia (ou banheirinha plástica) com areia. Cada participante pode fazer três tentativas. Vence quem pescar mais peixes.
E agora, o que vocês estão esperando?
Vamos brincar!!!
Beijos mil
Sand Catarina

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Marcação: Quadrilha


Para quem está procura da marcação para o momento da quadrilha, aqui vai a dica.

Depois de casar os noivos, começa o arrasta-pé.

1- Vamos entrando! Os pares entram de braços dados no arraial, as damas a esquerda dos cavalheiros. Os noivos ficam na frente da fila. Depois, damas e cavalheiros se separam, formando uma fila de cada lado.

2 - Cavalheiros cumprimentam as damas! Com os braços atrás das costas, os cavalheiros se aproximam de suas damas e as cumprimentam tirando os chapéus. Depois, voltam de costas para os seus lugares.

3 - Damas cumprimentam cavalheiros! Agora é a vez das damas irem até os cavalheiros para cumprimentá-los. Elas também voltam de costas para os seu lugares.

4 - Balance - As duas filas se aproximam e os pares requebram frente a frente.

5 - Tour! Os pares dançam juntos, girando sem sair do lugar.

6 - Começa o passeio! De braços dados, os casais saem andando até formarem um círculo.

7 - A grande roda! Todos formam uma roda e giram para a direita.

8 - Damas ao centro! As damas passam para dentro do círculo formando uma roda. As damas giram para a direita e os cavalheiros para a esquerda.

9 - Cavalheiros procuram suas damas! As damas param e os cavalheiros continuam rodando até alcançarem suas companheiras. Eles param a direita delas.

10 - Coroar! De mãos dadas, os cavalheiros levantam os braços, passando-os por cima da cabeça das damas. Depois, damas e cavalheiros giram para a direita.

11 - Cavalheiros ao centro! Todos formam a grande roda de novo. Depois, os cavalheiros passam para dentro do cí­rculo e giram para a direita. As damas giram para a esquerda.

12 - Damas procuram seus cavalheiros! Cavalheiros param e damas continuam rodando até alcançarem seus parceiros. Elas param a esquerda dos seus cavalheiros.

13 - Coroar! De mãos dadas, as damas levantam os braços passando-os por cima da cabeça dos cavalheiros. Todos giram para a direita.
14 - O caracol! Forma-se uma nova roda. Depois, o noivo solta a mão direita e vai puxando os outros para dentro da roda, formando um caracol. Chegando ao centro, ele faz o caminho de volta. Os que forem saindo do caracol formam uma fila única.

15 - Caminho da roça! Todos saem dançando, sempre em fila.

16 - Olha a chuva!Cobrindo a cabeça com as mãos, todos dão meia-volta e começam a andar para o outro lado.

17 - É mentira! Todos voltam dizendo "Aaahhh!".

18 - Olha a cobra! Os dançarinos pulam, gritam e dão meia-volta.

19 - Já mataram! Os participantes voltam dizendo "Aaahhh!"

20 - Continua o passeio! Os pares continuam o passeio de braços dados, com os noivos na frente.

21 - Atenção! Preparar para o travessia! Sem parar de dançar, os pares se dividem. Um casal vai para a direita e outro vai para a esquerda, formando duas filas.

22 - Travessia de damas! Ao ritmo da música, as damas aproximam-se umas das outras, balançando as saias com as mãos, e então se cumprimentam. 23 - Agora é a vez dos cavalheiros! Os cavalheiros se cumprimentam.

24 - Preparar o galope! Os casais se abraçam como se fossem dançar.

25 - Começar! O primeiro casal de uma fila (os noivos) e o último casal da outra fila trocam de lugar, dançando bem rápido. Quando terminarem, os dois outros casais seguintes trocam de lugar. E assim por diante até todos mudarem a fila.

26 - Descruzar! Da mesma maneira, os noivos recomeçam a troca e todos voltam aos seus lugares.

27 - Continua o grande passeio!De braços dados, os casais formam uma fila e passeiam em ziguezague.

28 - Olha o túnel! Os noivos ficam frente a frente e, de mãos dadas, levantam os braços. O casal seguinte passa por baixo e, em seguida, também ajuda na formação do túnel e assim por diante. Quando o túnel estiver totalmente formado, os noivos o atravessam e continuam o passeio. Os outros fazem o mesmo.

29 - Agora, a despedida! Em fila, os pares vão se despedindo dos convidados. As damas acenam com as mãos e os cavalheiros com os chapéus.
Um beijão

Sand Catarina

FESTA JUNINA

Festa Junina

Sempre nos deparamos com essa festividade todos os anos. Com certeza, é uma das principais festas do folclore brasileiro, além de ser comemorada em diversos lugares do país, ela apresenta uma caractéristica regional, mesmo tendo sofrido influências de outros países, ou seja, cada lugar comemora de um jeito, mas, nunca perdendo o verdadeiro sentido desse momento.

Origem da Festa Junina:

Existem duas explicações para o termo festa junina. A primeira explica que surgiu em função das festividades que ocorrem durante o mês de junho. Outra versão diz que está festa tem origem em países católicos da Europa e, portanto, seriam uma homenagem a São João. No princípio, a festa era chamada de Joanina.

De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época em que o Brasil foi colonizado e governado por Portugal).
Nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.
Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.

Comidas:

Não podemos esquecer que toda festa apresenta um determinado tipo de culinária, com as festas Juninas não foi nada diferente. Muitos são os doces, bolos e salgados, relacionados às festividades. Pamonha, cural, milho cozido, canjica, cuzcuz, pipoca, bolo de milho são apenas alguns exemplos. Além das receitas com milho, também fazem parte do cardápio desta época: arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bombocado, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais.

Tradições:

O primeiro símbolo das festas Juninas é a fogueira, em todos os lugares ela está presente, existem lugares em que as pessoas fazem competição para ver qual a fogueira mais alta e mais bonita.


Brincadeiras típicas como o pau-de-sebo, onde as pessoas tem que subir em um pau todo envolvido por um sebo, o duro é que escorrega muito sendo muito difícil chegar até o topo do tronco.

Devido aos incêndios, os balões ultimamente tem sido confeccionados somente para enfeite junto as bandeiras, lembrando que, é muito perigoso soltar balões porque essa prática pode causar um enorme estrago em florestas, cidades etc.

As bandeiras também fazem parte da tradição junina, muitos aproveitam para deixar o ambiente mais alegre e festivo.

Não podemos esquecer das barracas, além das barracas onde ficam as guloseimas e bebidas, também podemos verificar que existem diversas barracas para que todos os festeiros posssam brincar, como por exemplo, a barraca da pescaria, a barraca da boca do palhaço, a barraca de argolas etc.

Lembrando que em cada região as pessoas comemoram de um jeito.

No Nordeste, ainda é muito comum a formação dos grupos festeiros. Estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades. Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam nas janelas e portas uma grande quantidade de comidas e bebidas para serem degustadas pelos festeiros.
Já na região Sudeste são tradicionais a realização de quermesses. Estas festas populares são realizadas por igrejas, colégios, sindicatos e empresas. Possuem barraquinhas com comidas típicas e jogos para animar os visitantes. A dança da quadrilha, geralmente ocorre durante toda a quermesse.
Como Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, são comuns as simpatias para mulheres solteiras que querem se casar. No dia 13 de junho, as igrejas católicas distribuem o “pãozinho de Santo Antônio”. Diz a tradição que o pão bento deve ser colocado junto aos outros mantimentos da casa, para que nunca ocorra a falta. As mulheres que querem se casar, diz a tradição, devem comer deste pão.
Agora que todo mundo está bem informado, vamos preparar a festa e dançar bastante!


Fonte:


Beijos mil

Sand Catarina